Mulher morre em São Paulo após fazer escova progressiva

Lidiane passou mal após desencadear uma forte reação alérgica após passar pelo procedimento químico, provavelmente por não respeitar o teste alérgico. A jovem fez o procedimento em um Salão de cabeleireiros em Ilha Solteira, cidade localizada no interior do estado de São Paulo.

Os sintomas incluíam queimação pelo corpo, irritação da pele e falta de ar. Ela foi levada ao hospital e internada na Unidade de Terapia Semi-intensiva, em estado grave.

Lidiane Ferreira dos Santos, de 31 anos, morreu na segunda-feira (16) de parada cardiorrespiratória. TVTem/Reprodução

O caso foi registrado na delegacia da própria cidade e um inquérito foi aberto para investigar as causas da morte. Ela será enterrada nesta terça-feira, 17, em Ilha Solteira.

Segundo o Hospital Regional de Ilha Solteira, o atestado de óbito indicou parada cardiorrespiratória, alergia a produtos químicos, crise convulsiva e hipotensão como causas da morte. O caso continua sob investigação da Polícia Civil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s